domingo, 19 de março de 2017

O PROCESSO DE APRENDIZADO DA ALMA (MARIA MADALENA)

Canalização da Mestra Maria Madalena

Por Michelinha OM e Thiago Strapasson
19 de Março de 2017

Queridos amigos, eu sou Maria Madalena e saúdo-os com alegria e um sentimento de conexão.

Todos vocês estão firmemente comprometidos com um caminho interior. A única coisa que lhes traz satisfação verdadeira é começar a ouvir e compreender a voz do seu próprio coração e da sua própria alma. Para todos vocês, isto é tão importante quanto o oxigênio que respiram, tão básico quanto o pão e a água que alimentam seus corpos e os mantêm vivos. E esse comprometimento significa que já houve uma mudança de consciência em vocês, a qual, em muitos, ocorreu antes do seu nascimento nesta vida atual. Sua alma se encontrava numa certa fase de desenvolvimento, de evolução, e sentiu que este era o momento para uma encarnação na Terra, na qual ela poderia realmente se permitir ser vista; uma vida na qual sua alma poderia realmente fluir através da realidade terrena do dia-a-dia.

É preciso um certo número de vidas na Terra para chegar a ouvir o chamado da alma desta maneira. Em vidas anteriores, foi necessário e apropriado adquirir experiência com a vida na Terra. A alma precisa de tempo para se acostumar com a dinâmica das emoções e fisicalidade que se desenvolvem aqui. Estar na Terra é um processo de aprendizado para a alma. Num certo sentido, a alma já sabe tudo antes de começar a encarnar, mas este conhecimento não foi realmente vivenciado e, então, não se tornou profundamente enraizado. Portanto, esse conhecimento não é uma sabedoria baseada na experiência. Colocando-se de uma forma bem simples, trata-se da diferença entre conhecimento teórico e conhecimento prático. No seu âmago, a alma já conhece tudo, mas ao experimentar a vida em várias formas de encarnação, este conhecimento se transforma em sabedoria, que é prática e tangível. E é assim que o amor nasce. 

Quando a sabedoria realmente se incorpora em uma forma humana terrena, não é apenas o conhecimento teórico que distingue o indivíduo, mas o calor, amor, paciência e compaixão que ele irradia para os outros. E isto significa que houve uma alquimia, uma transformação na consciência da alma dessa pessoa. Esta mudança só pode ocorrer porque a alma assumiu uma encarnação, o caminho através da carne, do sangue, da dor, dos altos e baixos de todos os tipos de emoção. Estas experiências são necessárias para o nascimento de uma sabedoria viva e do amor. Sob este ponto de vista, tornar-se um ser humano terreno, nascer em um corpo, lidar com a ignorância, a dor, o medo e a incerteza, é um ato heroico. Você deliberadamente permite que uma parte da sua consciência e conhecimento interior seja obscurecido para que você possa incorporar a sabedoria em um nível muito mais profundo.

O que estou descrevendo aqui é, na verdade, o significado de canalizar, ou tornar-se um canal, em seu sentido mais amplo. Canalização não é simplesmente a recepção de uma mensagem, mas todo o processo de conectar sua essência divina, através da alma, com um corpo terreno, por meio de uma encarnação física e uma redução da consciência, de modo que você assuma uma forma específica no tempo e espaço.

O que parece ser uma descida à limitação e às trevas, cria caminhos que levam à luz, uma luz maior que não existia antes. Este é o processo criativo que você empreende com sua própria alma. É muito gratificante quando você está vivendo como um ser humano na Terra e volta a se conectar com sua alma, sua origem, e tenta incorporá-la ao seu dia-a-dia. Como parte do desenvolvimento da alma, ela deve esquecer-se de si mesma por um longo tempo e acostumar-se à existência terrena, para adquirir experiência. Por este motivo, é necessário que, no início e por muito tempo, você permaneça inconsciente da sua sabedoria e conhecimento originais e mergulhe nas energias poderosas e envolventes da Terra.

Mas, chegou a hora de ascender de volta à Fonte de onde você veio, de reconhecê-la e voltar a ouvir a voz da sua alma. Desta forma, você realmente começa a enxergar o propósito do seu desenvolvimento, que é unir o reino celeste do conhecimento e sabedoria divinas ao reino terreno do sentir e experimentar.  Assim você se torna um canal entre o Céu e a Terra e cria algo novo, algo que é significativo para a Criação como um todo. Em outras palavras, você está pronto.

Quero falar brevemente sobre o que é importante nesta conexão com sua sabedoria superior e a energia da sua alma, as quais já foram bastante vivenciadas ao longo de muitas das suas encarnações anteriores. O que mais o está impedindo de realmente permitir que se manifeste a energia original da sabedoria adquirida da sua alma, é que você se faz pequeno. Para permitir que a energia da sua alma se expresse aqui e agora, você precisa atrever-se a acreditar na sua grandiosidade. Precisa aceitar como verdade que você realmente é um anjo radiante de luz, que foi moldado por um reino divino e igualmente moldado por muitas vidas nas quais lutou para superar a dor e a ansiedade, tornando-se cada vez mais consciente de quem você realmente é. Você precisa reconhecer a grandeza do seu próprio ser e da sua própria história e dizer: “É Isto que eu sou.” Este é o passo que você precisa dar agora, a fim de que sua alma possa encarnar plenamente, possa fluir livremente por todo o seu corpo e seu ser terreno.

Agora quero lhe pedir que examine a si mesmo e observe em que aspecto você se considera indigno, não suficientemente bom, ou até mau, como se tivesse feito algo horrível. Talvez você tenha uma sensação de pecaminosidade ou fracasso. Por um momento, dirija toda a sua atenção para o seu próprio campo energético, observando se aparece algum ponto escuro em algum lugar. Isto pode manifestar-se como dor ou tensão, que pode conter pensamentos negativos a respeito de você mesmo. Observe atentamente, para ver se isto acontece. Talvez você veja uma criança aparecer, ou simplesmente tenha uma impressão… o fato é que é um peso que você está carregando por todo lado. Entretanto, você se acostumou tanto com alguns desses pesos, que não os percebe mais como o que são. Você pensa que esses pesos fazem parte do seu estado normal. Mas o estado normal é um estado alegre. O estado normal, equilibrado, é aquele em que você confia na vida e diz “sim” para ela, com a sensação de ser bom do jeito que é. Não que você seja perfeito, de acordo com certos conceitos que se encontram fora de você, mas que é bom simplesmente porque é uma parte inseparável do todo. Você pertence, você é importante e é livre para explorar tudo o que quiser explorar.  

Pensamentos ou sentimentos irados ou negativos são permitidos, assim como o são a dúvida, o desespero e a resistência. Veja se em você existe um desgosto, um sentimento negativo ou uma resistência diante da vida na Terra. Ou se não se sente bem-vindo aqui, ou se está magoado por não se sentir reconhecido, ou se lhe foi dito que você não é suficientemente bom do jeito que é. Em quase todas as pessoas residem imagens de falta de merecimento. É importante que você as detecte e as acolha com sua luz, porque, na verdade, é isto que bloqueia sua canalização. E refiro-me à canalização no sentido mais amplo da palavra, que é estar aberto para a sua própria alma.

Inspire para acalmar seu abdome. Convide a energia da sua alma para entrar verdadeiramente no seu corpo, no seu coração e, especialmente, no seu abdome, que, energeticamente, é a sede do poder e da conexão com a Terra, mas que é também o lugar onde você pode estar mantendo mágoas profundas. Veja se consegue criar e experimentar uma sensação de dignidade. Seu abdome sabe fazer isto; ele está conectado com a Terra e sabe que você tem um lugar natural aqui e no Cosmos, que você é bem-vindo aqui na Terra.

Há, no seu abdome, um conhecimento silencioso de que você é bom? Conecte-se com esse conhecimento e literalmente abra espaço para si mesmo. Imagine que existe um espaço energético ao redor do seu corpo, do tamanho que você sente que é certo para você e suficientemente grande para conter a sua luz. Permita que esse espaço chegue até seus pés, e até dentro da Terra. Sinta que você está verdadeiramente aqui. Ao fazer isto, é possível que sinta que a energia da sua alma deseja voltar rapidamente para cima, devido às lembranças de rejeição ou mesmo de violência, que tornam muito dolorosa a sua estadia aqui. Mas peço-lhe que vá até esse espaço assim mesmo e diga a si próprio que é seguro estar aí. Preencha seu abdome com a luz da sua alma; sinta que você é bem-vindo aqui. Deixe a luz mover-se através das suas coxas, joelhos, pernas e pés e para dentro da Terra. A intenção da canalização é que sua essência flua para dentro da Terra. Sinta como você é magnífico, belo e poderoso, e como a sua grandeza inspira e ajuda os outros. Você não está atrapalhando ninguém com a sua grandiosidade.

Esta é a minha mensagem hoje: para canalizar sua alma, procure velhas imagens de falta de dignidade ou merecimento que ainda estejam na sua vida, e pratique preencher seu abdome, seus chacras inferiores, com a luz da sua alma. É aí que ela se torna real e tangível e flui para dentro da Terra. Esta é a intenção e isto é o que mais o satisfaz.


Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Tradução: Vera Corrêa (veracorrea46@gmail.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço antecipadamente o seu comentário! Ele será respondido o mais breve possível!