sábado, 11 de março de 2017

NOSSOS ANCESTRAIS E NOSSA RIQUEZA


Por Bert Hellinger
Bad Reichenhall 2012 (Alemanha)

"Reverenciar todos os 'ancestrais' através da ligação com o PAI e a MÃE é essencial. Se pudéssemos imaginar uma fila de homens e mulheres até o infinito, estes seriam todos nossos pais e mães, paternos e maternos. Não podemos ficar presos às imagens de seus sentimentos vividos em outras eras de dores ou das situações vivenciadas até chegar a nós, mas sim, a essência que deu origem à nossa vida. Esses dois seres polarizados estão dentro de nós. Numa luta incessante para se definir, para se conhecer. Quando o objetivo é só se integrar.

O 'dinheiro' deve ser empregado a serviço da vida, pois o dinheiro é uma imagem da vida e quem desrespeita o dinheiro desrespeita a vida. O dinheiro é sempre representado nas Constelações por uma mulher - por quê? Porque o dinheiro é fértil. Dinheiro é energia e está a serviço da vida. O sucesso dos negócios e na profissão vem com a bênção da mãe. Sem isso só há fracassos, pois o dinheiro tem a imagem da mãe; quem rejeita a mãe permanece pobre. Mas não podemos esquecer do pai - ele sustenta a mãe, ampara a mãe. A partir do respeito e do amor pela mãe, o dinheiro vem abundante (*artigo relacionado Nossa Mãe e Nosso Sucesso Estão Relacionados).

A 'Ordem de Riqueza' é essa: o filho vai até a mãe e se curva homenageando e aceitando a mãe, que é sustentada e amparada pelo pai, que também deve ser reverenciado pelo filho. A maioria das pessoas trabalha para ter dinheiro, trabalham se afastando da vida. Então, a dinâmica do dinheiro jamais poderá se desdobrar em riqueza. O dinheiro NUNCA pode ser o objetivo de vida. Para enriquecer, o único trabalho a ser feito é mudar a postura interna. O dinheiro é adquirido através de algo que fazemos; dinheiro vindo pelo nosso empenho nos faz feliz e serve a vida, mas, como a vida, o dinheiro quer ser gasto a serviço da vida. O dinheiro herdado não foi por empenho ou trabalho - por isso acontecem falências. É mais fácil de gastar. Por isso, despedir-se do campo da pobreza e movimentar-se em direção ao campo da riqueza é uma conquista espiritual.

Como ganhar muito 'dinheiro': sentir a agitação e motivação que me levam para uma ideia. Eu tenho uma ideia e ela toma conta de mim. A 'paixão' vem e toma conta de mim. Ali nasce a riqueza. Ninguém pode procurar uma paixão. O dinheiro é resultado de um objetivo, de uma paixão. Se o dinheiro é um meio para o meu objetivo, primeiro perderei o dinheiro, depois a saúde e depois a família. Não podemos esquecer das lealdades que nos empobrecem: se a família foi pobre, a filha tem que permanecer pobre. Necessitamos aceitar e reverenciar a pobreza dos antepassados."
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço antecipadamente o seu comentário! Ele será respondido o mais breve possível!