quarta-feira, 30 de novembro de 2016

A ÚNICA CONSTANTE É A MUDANÇA (MENSAGEM DA LUA NOVA)


Canalização da Lua Nova
Por Simon & Jennifer
30 de Novembro de 2016

Vocês renunciam à sua verdade pela ilusão da segurança?

Todas as estruturas, sociedades e instituições em nosso mundo são construídas sobre uma filosofia fixa, o que cria uma constante para que as pessoas se sintam seguras internamente. Essas estruturas fornecem um sistema de regras para os indivíduos viverem em troca da rede de segurança que elas oferecem. O tecido da realidade e do nosso ser não obedecem naturalmente a esta existência limitada, porque essas estruturas são meramente a forma cristalizada de um momento no tempo e um aspecto da consciência. Como resultado natural, a imensa maioria daqueles que vivem dentro das estruturas da sociedade é forçada a renunciar a partes de sua individualidade (ou a toda). A verdadeira segurança, no entanto, pode vir apenas do interior; de se aprender a conhecer o nosso self e acolher a nossa individualidade, ao encontrar o nosso lugar exclusivo no fluxo universal e confiar em nosso conhecimento interior para nos orientar. E, todavia, acolher a individualidade é acolher o fluxo da mudança, e a mudança, naturalmente, nos leva a nos sentir inseguros, no momento presente e quando pensamos no nosso futuro.

A evolução natural nos trouxe ao ponto em que as nossas estruturas artificiais estão imersas em total transformação. Nossa individualidade não pode mais ser contida e o surgimento disso está arrebentando as nossas bases internas. Um número suficiente de pessoas no mundo escolheu sua verdade interna, ou, pelo menos, rejeitou uma externa, para que essas mudanças todas se manifestem ao nosso redor. Tais mudanças, então, naturalmente expõem qualquer confiança que coloquemos nessas constantes externas, obrigando que ocorra um processo interno de compreensão, cura e transformação. As estruturas naturais estão agora sendo construídas sobre a projeção externa de nossa individualidade, e a colaboração de mentes semelhantes, que alimentam a criação de novas formas de ser inovadoras e centradas no coração.

À medida que nos libertamos das condições herdadas da nossa realidade e começamos a buscar a verdade de nosso ser, é fácil criar novos sistemas fixos, com base em novas filosofias fixas, que são igualmente limitantes para a nossa evolução consciente. Estamos em constante movimento, cada aspecto da consciência está constantemente se transformando e mudando. A diversidade da vida, que compartilhamos neste espaço, reflete a totalidade da consciência, e nenhum aspecto da consciência – doutrina, filosofia, ordem ou líder – consegue refletir essa totalidade. A verdade pessoal é a sua jornada, e vocês são o seu melhor guru/perito/autoridade/líder/sábio. O exterior pode meramente refletir uma verdade que é sentida internamente, mas que a bússola interior de como isso se parece é o nosso único guia verdadeiro.

Vocês sabem ao que a verdade se predispõe? A ser a mudança que muda o ser. Nem sempre parece seguro ou confortável, nem sempre é conveniente – mas qualquer outra coisa é uma ilusão. Vocês estão prontos para viver como vocês mesmos?

Bênçãos.

Simon & Jennifer
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Tradução: Ivete Brito (adavai@me.com)

INDO ALÉM DOS 3 NÍVEIS DE RESISTÊNCIA PARA TRANSMUTAR A SUA REALIDADE


Por Horácio Frazão

Tudo, absolutamente tudo, está seguindo um fluxo inteligente. A vida porta uma inteligência evolutiva e impulsiona todas as coisas a evoluir e a se realizar. Você, por ser único, porta um caminho muito único que se relaciona com a sua realização. Este caminho só é descoberto quando geramos alinhamento com o a realidade e, consequentemente com o fluxo da vida. Para isso, você terá que transcender os 3 níveis de resistência. Quando você não oferece resistência à vida, você acessa o seu estado natural de graça, leveza e fluxo.

Toda emoção negativa mostra apenas uma coisa, que você está resistindo a algo, portanto, quebrando o seu alinhamento. Da mesma forma, quando você sente emoções positivas isto representa que você está em alinhamento e experimenta um estado de culminância, uma sensação de estar integrado. Isto é maravilhoso.

Sendo assim, o que você precisa fazer para começar a cura da sua vida é prolongar a presença de emoções positivas. Quando você permanecer por longos períodos muito bem emocionalmente, você irá experimentar uma alegria diferente. Esta alegria é a recepção de um fluxo, de uma onda inteligência emitida pelo seu Eu Quântico que o energiza e intensifica sua presença fluída no Agora.

Para isso, o ponto de partida é entender que você precisa ao sentir uma emoção negativa, reconhecer que está resistindo a algo e perguntar: “ O que estou resistindo?” Apenas faça a pergunta, isso irá lhe tirar de zonas primitivas do cérebro e acionará o seu Córtex, o cérebro superior responsável pela mudança, escolha, co-criação.

O segundo ponto é detectar o nível de resistência. Há 3 níveis de resistência:

1-Resistência a um objeto externo: Resistir a uma situação, pessoa em um dado momento do tempo. Ou seja, a não aceitação de que foi como poderia ser e de que as pessoas são o que podem ser. Veja que aqui você nega a realidade.

2-Resistência interior: Resistir a um pensamento, a um sentimento só intensifica e perpetua o mesmo. Por exemplo, se você tem uma mágoa, esta mágoa é o fruto de um evento passado que você não aceitou e agora você luta contra mágoa, pois você resiste a ela. Resistir a um sentimento o coloca em modo de combate contra o mesmo e isto o manterá prisioneiro dos sentimentos.

3- Auto-resistência: Esta talvez é a mais grave, pois neste nível você se rejeita, não aceita quem você pode ser agora. Este é o motivo que mais bloqueia as vidas das pessoas. E se você resiste a si próprio, você irá resistir a todo resto e lhe privará de fluir com a vida e encontrar o seu caminho.

Lembre-se, o segredo para superar a resistência é reconhecer que está resistindo, se perguntar o porquê resiste e soltar. Isto é simples, mas pode literalmente lhe colocar no caminho certo. Se aprender a criar momentos de isolamento, para estar sozinho por 5 minutos, apenas testemunhando a sua respiração com total consciência desse fluxo, crescerá em você um espaço de cura.

Você aos poucos ficará mais relaxado, atento e em relação plena com o que está fazendo agora. Isto o conduzirá a um fluxo e sua vida naturalmente entrará em equilíbrio. Sim, é simples. Você apenas precisa aceitar que a sua transformação pode ser realmente muito simples. 

Paz & Consciência
Fonte:Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quântico: http://www.femininoquantico.com.br/2016/11/indo-alem-dos-3-niveis-de-resistencia.html
Fonte:Horácio Frazão

CHACKRA RAIZ: CORRESPONDÊNCIA SATURNO - REGENTE DE 2017


Por Nilton Schutz


Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 

CENTELHA DIVINA (POR ADAMATIS DAS PLÊIADES)


Por Adriano Pereira
Canalização de Adamatis das Plêiades
29 de Novembro de 2016

Enquanto vosso mundo parece ter enlouquecido, e tudo parece ir de mal a pior, saiba que foi para exatamente esse momento que você veio para a Terra, para mostrar a si mesmo que mesmo envolto pelas trevas, você tem poder e força interior para emanar a sua Luz sobre seu mundo, e isso não é pouco, pois uma Luz quando acesa, uma pequena chama de uma vela, dissolve a escuridão.

Esses são os esperados tempos da mudança, e de nada adianta olhar para fora, pois tudo o que procura está exatamente na Centelha que arde divinamente dentro de seu coração.

Seu planeta está neste momento envolto pelas trevas, que lutam desesperadamente para manter as energias do medo fluindo para dentro e através de todas as pessoas, e você, também está envolto pelas trevas, entretanto, ao buscar a sua Centelha Divina, você mostra para si mesmo que existem opções, pois as trevas são um estado errante das energias, energias manipuladas para exalarem o medo, e como tudo que não provém de Deus, é ilusório, se desfaz pela sua menor atitude de voltar-se para o Amor que arde dentro de seu peito, provando novamente a si mesmo, que existem opções, e que você tem a opção de impedir que essas energias malignas o envolvam, ao exalar a sua própria Luz ao seu redor.

É tão simples.
Sempre foi assim!
Como você não percebeu antes?

Encarnado em um corpo físico, a alma perde sua sensibilidade, principalmente quando se permite envolver pelas distrações exteriores, e as trevas são especialistas em se utilizar das distrações para desviarem-no de seu verdadeiro caminho.

Nao se culpe, apenas abra seus olhos e veja com os olhos do coração todo o mundo e situações ao seu redor. Tudo é Amor. As trevas, são uma parcela do Amor que se desviou de seu caminho momentaneamente. Sim, momentaneamente, pois mesmo as trevas estão caminhando rumo a Luz.

Já dissemos antes, não há nada além do Amor.
O Universo é a expressão do Amor do Criador.
Você é uma parte do Criador, e como uma parte Dele, vocês são Um com o Amor Universal.

Nestes momentos em que nada parece fazer sentido para você, desligue-se das distrações, e busque encontrar o silêncio amoroso de seu interior, onde reside todo o poder e a glória que você nunca pode imaginar que existisse.

Todos os caminhos levam-no ao Amor.

Eu Sou Adamatis, das Plêiades
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quântico: http://www.femininoquantico.com.br/2016/11/centelha-divina-por-adamatis-das.html

terça-feira, 29 de novembro de 2016

LUA NOVA : MOMENTO DE BENEVOLÊNCIA


Por Claudia Lazzarotto – Astróloga Kármica



Momento de benevolência...raro nos dias de hoje...

Temos nesta Lua Nova do mês do Novembro de 2016 (que teve seu Plenilúnio hoje as 10:19h horário brasileiro de verão), acontece com um incrível encontro* de Saturno com a conjunção entre Sol e Lua, característica da Lua nova. 

Sendo que, estes três astros estão confinados dentro de Sagitário que se encontra interceptado, assim como o planeta Terra que se encontra confiando na oposição direta ao Sol (mas, nenhum programa traça), também está confinado dentro no signo de Gêmeos.

Temos também ainda com a preciosa aspectação de quadratura exata entre Sol e Lua com os Nódulos Lunares e quase exata com Netuno.

Muita coisa né? E o que podemos entender disto?

Signos Interceptados, num mapa pessoal, em geral são considerados como representantes de conflitos e fragilidades.

Para mim eles têm esta característica justamente porque, em vidas passadas, as questões que o envolvem em cada mapa que aparecem, não foram bem resolvidas e/ou desenvolvidas e por isto devem ser sempre um foco de grande atenção para o desenvolvimento e a evolução do serem questão. Veja bem não são karmas, são questões/características pouco desenvolvidas anteriormente, talvez até e aí sim, em consequência justamente dos karmas mal resolvidos.

No mapa anual, ou transitório, como no caso deste a que me refiro hoje, os signos interceptados representam um alerta, um ponto em destaque a que devemos observar com maior atenção e os planetas ali confinados gritam por resolução efetiva.

Enfim, quando temos Sol (eu) a Lua (sentir) Saturno (Karma) confinados em Sagitário (justiça Divina) a mensagem de urgência em nos comprometermos muito profundamente com nos mesmos é muito clara. Principalmente porque estão todos conectados com Os Nódulos Lunares (Plano Divino) e Netuno (Amor Universal, Plano Espiritual), podemos entender este momento quase que como uma repescagem aos retardatários no processo de reajusto evolutivo, a tal separação do joio do trigo, que tanto já vimos falando...

É uma chance de revermos tudo que somos, acreditamos e fazemos e aceitarmos com resignação e humildade que precisamos aprender e evoluir. 

Ok...isto não é novidade para ninguém né? Mas a diferença é que quando assumimos um erro e queremos voluntariamente nos redimir o peso é bem mais leve do que quando estamos cegos e temos que passar antes do processo de aprendizado e resgate, é necessário a conscientização e esta as vezes é a pior etapa...afinal...o pior cego é sempre aquele que não quer ver.

E pobre do ser que caminha pela vida em seu Plano Divino com os olhos vendados, cego à luz e surdo à sabedoria das Leis Divinas.

Por que estas sim, são, inexoráveis sempre.

E sempre, mesmo!! Ainda que as vezes nos pareçam cruéis, são geradas por amor e visam unicamente a nossa evolução rumo à Plenitude.

Vamos neste momento vibrar juntos para que sejamos todos iluminados e possamos absorver esta benevolente vibração que nos envia o cosmos, para que alcancemos consciência compreensão resignação e comprometimento nesta etapa evolutiva em que se encontra a humanidade, por estes serão fatores decisivos em nossa caminhada.

Pedimos a Deus que nos ilumine sempre pois cada detalhe é único e decisivo.

Claudia Lazzarotto – Astróloga Kármica

Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quântico: http://www.femininoquantico.com.br/2016/11/lua-nova-momento-de-benevolencia.html
Fonte: Claudia Lazzarotto

EMFIM, VAMOS FALAR DESSE TABU! A MORTE

Por Gisela Vallin

Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quânticohttp://www.femininoquantico.com.br/2016/11/emfim-vamos-falar-desse-tabu-morte.html
Fonte: Gisela Vallin

A MORTE É O FENÔMENO MAIS MAL-ENTENDIDO (POR OSHO)

Por Osho

“A morte é o fenômeno mais mal-entendido. As pessoas têm pensado na morte como o fim da vida. Este é o primeiro mal-entendido, básico.

A morte não é o fim, mas o começo de uma nova vida. Sim, é um fim de algo que já está morto. É também um crescendo do que chamamos vida, embora muito poucos saibam o que a vida é. Eles vivem, mas vivem em tal ignorância que nunca encontram sua própria vida. E é impossível para essas pessoas conhecerem sua própria morte, porque a morte é a derradeira experiência desta vida, e a experiência inicial de outra. A morte é a porta entre duas vidas; uma é deixada para trás, outra está esperando adiante.

Não há nada feio quanto à morte; mas o homem, por medo, fez até a palavra morte feia e impronunciável. As pessoas não gostam de falar sobre ela. Elas nem mesmo ouvem a palavra morte.

O medo tem motivos. O medo surge porque sempre é outro alguém que morre. Você sempre vê a morte de fora, e a morte é uma experiência do que há de mais profundo no ser. É como simplesmente assistir ao amor do lado de fora. Você pode assistir por anos, mas você não chegará a saber nada do que é o amor. Você pode vir a conhecer as manifestações do amor, mas não o amor em si. Sabemos o mesmo sobre a morte. Apenas as manifestações na superfície – a respiração parou, o coração parou, o homem que costumava conversar e caminhar não está mais lá: apenas um cadáver está deitado lá em vez de um corpo vivo.

Estes são apenas sintomas externos. A morte é a transferência da alma de um corpo para outro, ou em casos em que um homem está totalmente desperto, de um corpo para o corpo do universo todo. É uma grande jornada, mas você não pode conhecê-la pelo lado de fora. Do lado de fora só os sintomas estão disponíveis; e esses sintomas têm deixado as pessoas com medo.

Os que conheceram a morte por dentro perdem todo medo da morte”.
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quânticohttp://www.femininoquantico.com.br/2016/11/a-morte-e-o-fenomeno-mais-mal-entendido.html
Fonte: Osho Português

LUA NOVA EM SAGITÁRIO - 29/11/2016


Por Marcelo Dalla
28 de Novembro de 2016

Olá, amigos!

Estamos prestes a virar a página para mais um ciclo lunar. A Lua nova de Sagitário acontece nesta terça-feira, 29/11, mais precisamente às 10h18 (horário de Brasília). Quem segue este blog já sabe: a Lua nova marca um período fértil, quando novas intenções tem mais chace de germinar. Podemos inaugurar novos projetos, temas e assuntos. O que não vingou na última lunação pode ser ativado novamente.

Sol e Lua se encontram no expansivo Sagitário: queremos crescer, expandir fronteiras, abarcar mais, aprender, conhecer o mundo, programar aventuras, expandir nossa consciência. Mas Sol e Lua formam quadratura com Netuno, pedindo cuidado com enganos, erros de julgamento, ilusões, distrações, falta de clareza em algumas situações.

No caminho da descoberta e do autoconhecimento, nos deparamos com tantas distrações! O mundo é um playground onde desembarcamos para encontrar o caminho de casa. Sempre foi um lugar de fumaça e espelhos, de polaridades, de imensa escuridão e luz total.

Quem é você? O que a liberdade significa para você? Como você a experimenta em sua vida?

Não podemos ignorar o jogo que está sendo jogado bem diante de nossos olhos: fraudes, mentiras manipulações... o nosso desafio é permanecer firmes, vibrar no que acreditamos, sem lançar julgamentos sobre outro; sem querer impor nossas "verdades", sem incitar violência, sem condenar ou degradar o outro, seja na brincadeira, no deboche ou na sobriedade. Sermos ativistas, alimentar a fé em ideais elevados, porém gentis e amorosos.

Saturno também segue em Sagitário, em harmonia com Marte, Júpiter e Urano. Contamos com energia e determinação para um crescimento estratégico, consciente. Força para quem quer construir algo novo no mundo, trazer novas soluções, investir na colaboração e na igualdade social. Para Permanecermos fortes dentre a tempestade, conscientes de que nossa força cresce a cada dia.

Quem é Você? Está preparado para cumprir sua missão, esforçou-se para um bom aprendizado, um bom currículo, uma boa estrutura? Ou se esconde por trás de títulos ilusórios, falsos diplomas e honrarias? Está disposto a assumir sua força, seu próprio poder pessoal? Ou quer roubar a força dos outros, controlar, manipular?

Quais são suas crenças? Estão de acordo com seu coração? Somos ensinados a nos conformar com determinados ideais, a seguir determinada religião, uma educação, uma filosofia. Somos domesticados, ensinados a não confiar em nós mesmos, a acreditar que há uma hierarquia que sabe mais e melhor do que nós.

Por isso buscar o autoconhecimento é a coisa mais importante que podemos fazer. Viemos para o mundo e com a ilusão do ego, da separação, nos esquecemos de quem somos. No entanto, por que esperar até uma crise para se perguntar? Por que temos a tendência de buscar questões existenciais apenas quando nos sentimos desconfortáveis?

E por que deveríamos tentar nos encaixar num sistema que já está velho, doente, desgastado, obsoleto e que realmente não está interessado em nós? Um sistema de poder que só quer nos atrair para nos sugar. usar nossa força de vida para alimentar sua fome insaciável? Por que deveríamos nos conformar?

Podemos tomar um comprimido para mascarar o problema ou podemos começar a chegar ao fundo da questão. Isso começa com a pergunta: Quem é Você?

É hora de acordar de algumas ilusões muito profundas - pessoal e coletivamente. É hora de olhar para quão longe de casa estamos, quão longe de nossas virtudes humanas básicas, As rachaduras no sistema, na matrix, estão demasiado largas para serem ignoradas e as mentiras estão cada vez mais evidentes. Com esta lunação estamos sendo convidados a assumir nossa força, a compartilhar nossa luz. Com consciência, com o cuidado redobrado para não desperdiçarmos energia com tantas distrações.

Compartilhar nossa verdade. sem querer evangelizar ou catequizar, apenas permanecendo fiés a nós mesmos. Nossos sonhos contribuem para o sonho do mundo coletivo. O que queremos criar? Temos fé em nós mesmos?

Para aqueles que alimentam suas melhores intenções, que se esforçam com estudo, dedicação e empenho para serem bons profissionais, que estão abertos para parcerias equilibradas, para somar, os aspectos harmoniosos no céu garantem bons avanços!

Sejamos felizes!!
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem!
Blog Feminino Quânticohttp://www.femininoquantico.com.br/2016/11/lua-nova-em-sagitario-29112016.html
Fonte: Marcelo Dalla

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

AS ENERGIAS DE DEZEMBRO DE 2016


Por Natalia Alba
28 de Novembro de 2016

Estamos prestes a encerrar uma etapa muito intensa da nossa jornada evolutiva, à medida que nos aproximamos de dezembro, e enquanto atravessamos o limiar que nos conduzirá a um novo ciclo. Durante este ano, fomos impelidos a desfazer o que não estava mais alinhado com quem nos tornamos e permitir que novos meios nos mostrassem o nosso caminho verdadeiro. Dezembro é um mês para prosperar, para nos acalmar e honrar nossa verdadeira essência, como Seres Divinos compassivos. Uma época para nos interiorizarmos, antes de sermos plenamente imersos no processo consciente de criar nosso novo caminho.

Dezembro, o mês em que comemoramos o Cristo dentro de todos nós, é um mês para celebrar o nosso caminho de integração da alma e a alegria de tudo o que alcançamos até este momento, visto que 2016 foi um ano muito intenso, em que fizemos muito trabalho interno para resgatar a clareza adequada de que necessitamos para perceber o que era real e o que se originava de uma perspectiva humana ilusória.

Estamos em um momento muito importante de nosso caminho ascensional, uma vez que durante esse Novo Ano, de 2017, vamos continuar nos desvencilhando cada vez mais dos remanescentes do velho, porque estamos bifurcando a partir de uma matriz 3D e fazendo o nosso trabalho interno, e ao criar conscientemente a nossa Nova realidade, desde um lugar mais elevado de sabedoria, é crucial neste momento ajudar o Todo. E dezembro nos oferece as energias calmas de que precisamos para nos interiorizar e visualizar nosso novo caminho à frente.

Terminamos novembro e começamos dezembro com a maravilhosa Lua Nova em Sagitário, que também traz luz, clareza, para cada aspecto de nossa experiência. A sabedoria divina não filtrada por qualquer ilusão mundana, nos ajudando a ver, com clareza, o que o nosso eu humano não é capaz de ver, devido a sua perspectiva limitada e aos julgamentos.

Novembro convidou-nos a integrar e cocriar a partir de um lugar de autenticidade e unidade; dezembro, com o seu número de frequência 3 – 12 reduzido – começa a nos mostrar a prova de nossas criações internas. O número 3 é a síntese de 2, dando origem a algo novo, que vai ajudar o Todo a partir de um lugar de amor incondicional. A mensagem do número 3 é a mesma para os nossos relacionamentos – encontrar primeiramente a unificação com todos os nossos aspectos, antes que possamos estar prontos para acessar um relacionamento iluminado e cocriativo. Lembrem-se de que neste Novo Ciclo não fazemos nada para os outros, nem eles fazem nada para nós, pelo contrário, tanto damos como recebemos igualmente, porque não promovemos mais a velha sensação de separação ou da necessidade de que nos utilizávamos para nos manter, quando navegávamos através das dimensões inferiores.

O arquétipo que representa a frequência do número 3 no tarô é a Imperatriz, que resume muito bem a mensagem desse amoroso mês. A Imperatriz está repleta de criatividade, intuição e poder, que vêm apenas do amor próprio e da compaixão que ela sente por si mesma e pelo Todo. Ela representa o princípio feminino, a deusa capacitada que está conectada às estrelas – como a sua coroa representa – mas, ao mesmo tempo, ela manifesta esse influxo abundante do divino em seu domínio físico, nutrindo tudo em que toca por meio do poder do amor.

Em um nível cósmico, começamos dezembro com o dom da cura, à medida que temos Quíron, o curador cósmico, como o chamamos, em movimento direto novamente, em Peixes, desde o dia primeiro de dezembro. Visto que temos também Netuno em movimento direto, outra vez, nesse mesmo signo de água, temos uma oportunidade, e até mais, quando Mercúrio se tornar retrógrado mais tarde, para curar aqueles sentimentos e antigas crenças que o nosso eu humano ainda continua reapresentando para que continuemos a repetir os mesmos velhos padrões e projetando perdão e compaixão, em vez de não assumir a responsabilidade por nossa jornada e culpar os outros, ou as circunstâncias externas, como sendo o motivo de sentirmos dor. A dor deve ser acolhida, é o nosso melhor professor, aquilo que nos transforma, visto que é um indicador de que estamos fazendo algo que não está alinhado com o verdadeiro propósito e vontade da nossa alma, e por isso, deve ser desfeito.

No dia 2 de dezembro, Mercúrio, o mensageiro alado, vai entrar no signo de Capricórnio. Mercúrio rege o elemento ar, nosso plano mental. Por outro lado, Capricórnio rege o elemento terra, nosso mundo tangível. A mensagem é para que nos comuniquemos de modo preciso e utilizemos as nossas palavras de maneira sábia. Vocês estão falando consigo mesmos com autoamor e respeito? Ou estão se sabotando por utilizar conversa negativa em relação a si mesmos? O eu humano sempre vai tentar silenciar a nossa divindade por nos fazer sentir inferiores, culpados, ou por outros antigos programas. É aí quando observamos e simplesmente nos reprogramamos com palavras amorosas. Mercúrio em Capricórnio diz respeito também a colocar todo o conhecimento que adquirimos em nosso mundo físico. O cosmos está nos fazendo recordar da importância que o nosso plano tangível também tem, e durante este mês, vai ser essencial fazer descer não apenas os desejos da nossa alma para o físico, mas também a nossa essência, como seres compassivos, acolhendo o amor.

Vênus, o nosso aspecto macro, que representa a nossa parte que é amorosa e abundante, vai entrar em Aquário, em 7 de dezembro. Quando Vênus está em Aquário, o amor vive sempre em liberdade, uma vez que somente quando o deixamos livre, sem apegos e expectativas, é que conhecemos o verdadeiro amor incondicional. Essa é uma oportunidade para nos observarmos em nossos relacionamentos, estabelecemos fortes limites? Ou nos permitimos dar e amar plenamente os demais, sem temores de abandono, apenas com a alegria de compartilhar esse momento com os preciosos companheiros de alma?

Como sempre, é apenas quando não estamos vivendo no momento, que criamos expectativas, limitações para o amor e produzimos temores. Com o nosso sentido de abundância, ocorre a mesma coisa, quando não nos amamos, quando não pensamos que somos dignos e honramos o que temos para compartilhar, então, a frequência interna da falta se exterioriza em nossa realidade física sob a forma de mais carência. Para recebermos o amor, a abundância, que são outras formas de amor, e de respeito, que realmente merecemos e desejamos, temos que nos dar isso em primeiro lugar.

Em 13 de dezembro, temos uma Luz Cheia no grau 22 de Gêmeos. Os gêmeos representam o yin e o yang, acolhem-se mutuamente em uma dança equilibrada e rítmica de amor e unicidade. Gêmeos, sendo um signo de ar e mutável, é mental, intelectual e prático, mas, ao mesmo tempo, gosta de brincar e se socializar, de modo que é essencial aproveitar essa Lua Cheia alegre e tranquilizadora e acolher a vitalidade geminiana neste mês, em que comemoramos não apenas nossa essência crística, como também o amor que sentimos por tudo o que nos cerca. Esse é o momento para estarmos alegres e vermos os outros como iguais, visto que, em realidade, sempre estamos nos acolhendo mutuamente em uma dança eterna de unicidade.

O guerreiro Marte, entrará em Peixes em 19 de dezembro. Marte representa a nossa força interna, poder e energia. Quando essa poderosa força se encontra com a essência amorosa de Peixes, somos convidados a sermos criativos e direcionar a nossa sensibilidade e dons anímicos para o que nos motiva, trazer nossas visões para o tangível e honrar o criador interno que todos nós temos. Quando direcionamos nossa preciosa energia para criar algo que estará a serviço do Todo, o Universo inteiro comemora, porque nunca estamos isolados e o que criamos, para nós, fazemos para Todos.

Mercúrio, o mensageiro alado, ficará retrógrado em 19 de dezembro. Como sempre digo, o medo humano programado acerca de um planeta estar retrógrado ainda está presente em muitas pessoas. Quando incorporamos um nível de consciência mais elevado, quando nos informamos apropriadamente – visto que lá fora existe muita propaganda falsa – compreendemos que neste sábio e amoroso Universo nunca existe nada retrógrado, isso é apenas uma ilusão a partir da Terra, não há nada em câmara lenta à luz do Universo, há apenas momentos para ser vividos internamente e momentos para se emergir novamente sob uma nova forma, com uma nova direção a seguir.

Quando temos o mensageiro alado retrógrado, somos simplesmente convidados a nos interiorizarmos e obter mais clareza, de modo que possamos nos conscientizar plenamente do que estamos dando forma, a partir do interior. Comungamos com o nosso aspecto superior, percebendo que estamos contraídos em vez de permitirmos a expansão, antes de estarmos prontos para nos elevar novamente – renovados – mantendo uma perspectiva mais ampla de nossa experiência.

Alguns dias após, em 21 de dezembro, o Sol entrará no signo de Capricórnio, comemorando o solstício do inverno/verão, a depender do lugar em que vocês vivem. O Sol representa o nosso Eu Superior, nossa essência, portanto, quando o Sol faz brilhar a sua luz em um signo do zodíaco, e por conseguinte em um aspecto nosso específico, significa que somos convidados a desenvolver e a trabalhar nesse nosso lado concreto. Se fomos convidados, com o Sol em Sagitário, a comemorar o lugar em que estamos e a saborear cada momento em puro regozijo, visto que também continuamos navegando através dos mundos interiores para encontrar a verdade, agora, com o Sol em Capricórnio, somos convocados a nutrir o nosso aspecto que traz as coisas à manifestação, tornando-as tangíveis, e prestando atenção não apenas à parte nossa que é Una com o Todo, mas também ao nosso aspecto que precisa ser nutrido no plano material, visto que ele sustenta os nossos veículos físicos e nossas vidas.

No fim do mês, em 29 de dezembro, temos dois importantes eventos cósmicos. Urano em movimento direto e uma terrena Lua Nova no grau 7 de Capricórnio. A essência de Capricórnio nos faz recordar de fazermos as coisas tangíveis em vez de apelas confiar nos sonhos e deixar que as nossa visões desapareçam no ar. Tudo é primeiramente criado em nossos domínios interiores, e isso é o que esse período retrógrado está também nos lembrando no momento, da importância de recriar conscientemente o nosso caminho, a partir de dentro, sem permanecer à deriva, se desejamos ter um equilíbrio entre nossa realidade interna e externa.

Capricórnio nos dá esse equilíbrio de modo a não cairmos na armadilha das ilusões, procrastinando o nascimento de nossas novas criações, enquanto vivemos muito no mundo etéreo. É essencial agirmos como os magos alquímicos que somos, na verdade, e trazermos nossas visões anímicas para o nosso mundo físico, também, visto que isso é principalmente o que decidimos fazer aqui: dominar a arte de trazer à manifestação o que primeiramente demos origem em nosso plano mental/anímico.

Urano, o planeta da transformação, em movimento direto, será uma energia que não pode parar, que, se utilizada de modo sábio, pode nos conduzir a verdadeiras mudanças e transformações. Quando Urano estava retrógrado, a mudança aconteceu internamente, revisando o que deveria ser transformado e liberado. Não se trata de tentar mudar as condições ou as circunstâncias exteriores, mas se trata de fazer com que os nossos eus comecem com o que vai mudar a nossa realidade física. Urano nos ajuda a fluir com a mudança e os ciclos naturais da Criação, independentemente do modo como o nosso eu humano os percebe, uma vez que para o nosso ser humano é desconfortável, já que que isso implica em uma desvinculação do conhecido.

Urano pode ser uma força abrupta e desafiadora, que literalmente nos faz estremecer até a nossa essência, para nos ajudar a lembrar-nos de que nosso sentido de linearidade e de fixação está tão-somente em nossa mente humana – despertando-nos para a verdade que é a nossa realidade, quer gostemos, quer não, está constantemente se transformando e desse modo nós também, e apenas quando nos adaptamos à mudança, compreendendo que, com ela vem o progresso e o fluxo, em vez de resistir, o que é natural, que possamos realmente transformar o externo e navegar através da linha do tempo que escolhemos, não a partir de um lugar do ego, mas de um puro lugar da alma de sabedoria e clareza.

Nosso reino físico vai sempre estar se transformando, temos um longo caminho ainda a percorrer, mas estamos sempre dando outro passo em direção à unificação e à verdadeira compaixão. Dezembro traz a lembrança de que acima da nossa necessidade humana de representar diferentes papéis e de nosso profundo senso de individualidade, somos Todos Um, na verdade, lembrando-nos por qualquer meio que escolhemos da nossa divindade e do Todo. Nem todo mundo mantém essa mesma a mesma frequência amorosa, uma vez que ainda há muita polarização no coletivo. É por isso que apenas podemos ajudar ao permanecermos centrados em nossos corações de modo que possamos disseminar o nosso amor a toda a humanidade.

Cada ato, cada simples palavra de amor conta e, como Sementes da Nova Terra, estamos aqui para prosseguir em nossa jornada exclusiva nas esferas elevadas do amor, em que desde longo tempo decidimos nos debruçar. Como Almas Ascendentes, que estão plenamente despertas e conscientes de como os velhos jogos funcionam, não nos envolvemos no que os outros podem dizer ou não, não reagimos, observamos, porque não precisamos criar mais esses dramas em nossa realidade. Não precisamos disso, realmente integramos o que essas experiências de limitação estavam tentando nos ensinar. O que os outros fazem em sua realidade, o que enfrentam por meio de sua percepção ilimitada/limitada, não é para julgarmos, nem para desrespeitarmos a sua criação de como eles veem o mundo. Nossa missão e principal objetivo é simplesmente SER, compartilhar e fazer o que as nossas almas estão nos orientando a fazer, independentemente do que os outros optem por dizer ou fazer.

Escolham irradiar o seu amor não apenas neste amoroso mês, mas em cada momento, escolham ser livres e deixem brilhar a sua preciosa Centelha Divina onde quer que a sua Alma os orientar a fazê-lo. Para nos comportarmos de uma maneira amorosa ou não dependermos de estímulos que recebemos do físico, sempre escolhemos nos comportar de um modo compassivo, porque nos lembramos de que nós Todos somos Um, mesmo se a nossa crença humana de separação interferir em nosso senso de unidade. Viajamos em um caminho exclusivo, sabendo que a nossa frequência amorosa vai ressoar em todos os cantos do Universo.

Desejo a todos vocês um dezembro abençoado, com alegria, amor e no caloroso abraço dos seus entes queridos. Agradeço-lhes por serem Vocês e estar contribuindo da sua maneira única para esta transição intensa, porém maravilhosa, em que estamos imersos conscientemente. Eu os honro e ao seu papel exclusivo na Criação e desejo-lhes muitos milagres em tudo o que vocês decidirem criar para si mesmos e para todos neste Novo Ciclo!

Natalia Alba
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Fonte primária: Star Seed Soul
Fonte secundária: Adavai Blog
Tradução: Ivete Brito (adavai@me.com)

UM LUGAR DE NEUTRALIDADE (POR ARCANJO MIGUEL)

Canalização do Arcanjo Miguel
Por Leslie-Anne Menzies
28 de Novembro de 2016

Meus queridos,

Vocês conseguem sentir a mudança em sua vibração? Muito mais AMOR está se tornando evidente nas suas atividades cotidianas, em seus relacionamentos pessoais, e então, estendendo-se para todos que acessam o seu campo.

Isso não quer dizer que não existam outras energias em jogo. Isso é de fato a dualidade que está agora se equilibrando. Alcançou-se o ponto crítico e agora há mais frequências de AMOR/LUZ no Planeta. Todavia, isso não o torna o principal fluxo das notícias, que só se concentra no medo e na escuridão.

Ser o AMOR QUE VOCÊS SÃO lhes permite olhar além do medo e avançar para a LUZ, e, à medida que vocês se conscientizam mais, aqueles que estão em sua esfera de influência são lançados para a dinâmica que vocês estão criando. Continuem avançando para o AMOR/LUZ, meus queridos. Vocês são os Sinalizadores do Caminho, e aqueles que estão exaustos, devido ao medo, estão agora buscando alternativas. Conforme acontece em TODA transição, a maioria precisa ir ao fundo do poço, antes que um movimento ascendente seja tudo o que está à disposição.

Vocês, meus queridos, estão aguardando no topo, mantendo suas mãos estendidas, um sorriso na face e amor no coração, prontos para receber aqueles que estão diante de vocês cansados e enfadados.

Vocês são reconhecidos como os Faróis que são, e quando não há mais lugar para se voltar, VOCÊS estarão lá.

TODOS da humanidade estão atualmente enfrentando muitas mudanças em suas vidas. É necessário deixar totalmente para trás o velho a fim de criar o novo. Para muitos dentre vocês, SINALIZADORES DO CAMINHO, os seus desafios surgem mais cedo para dar-lhes tempo de compreender e aceitar as suas experiências, obtendo o conhecimento das ferramentas para fazer as mudanças necessárias e passar para um lugar de compaixão e empatia.

Este realmente é o seu momento de brilhar. Muitas oportunidades e milagres estão prestes a surgir. Tudo do que vocês “desistiram” ou “deixaram para trás” será substituído por maravilhosas dádivas de abundância.

Muitos antigos cenários estão se apresentando, mas vocês agora se encontram em uma esfera de energia em que não são afetados pelo velho – jogos finais.

É como se vocês estivessem caminhando através da energia de uma maneira que lhes permite estar tranquilos na Terra, sem que estejam plenamente envolvidos no que está acontecendo.

Um lugar de NEUTRALIDADE.

Respirem nesta informação, meus queridos, e deixem que a energia da neutralidade os envolva e os domine por completo.

O AMOR QUE VOCÊS SÃO continua a crescer a cada dia, vocês sentem isso dentro de si, ainda que o mundo externo entre em colapso ao seu redor. O AMOR QUE VOCÊS SÃO sabe que grandes momentos estão adiante para todos que escolheram o AMOR/LUZ e que continuam a brilhar, independentemente do que “parece” que está acontecendo.

CONFIEM em si mesmos, meus queridos, vocês são os Seres Criadores e este é o momento de honrarem a sua chamada para fazer progredir e apoiar aqueles que ainda estão despertando do sonho. O Despertar está se acelerando agora como o resultado de todos os “desastres que estão acontecendo no planeta”.

Fim de jogo, meus queridos.

Novas regras porque a nova energia está sendo formulada por VOCÊS, diariamente.

Como vocês desejam criar a sua Nova Terra, meus queridos?

VISUALIZEM E AFIRMEM: AMOR/LUZ, ABUNDÂNCIA PARA TODOS, PAZ, SERES SAUDÁVIES RESIDINDO NESTA NOVA TERRA.

E assim é.

EU SOU ARCANJO MIGUEL.
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Fonte primária: Leslie-Anne Menzies 
Direitos autorais: leslie-anne@angelstoinspire.com.au/ Ao compartilhar esta mensagem, favor respeitar os créditos, sem acrescentar ou extrair nada do texto publicado.
Fonte secundária: Adavai Blog
Tradução: Ivete Brito (adavai@me.com)