terça-feira, 4 de outubro de 2016

ARTIGO DE DENIZE SARIKÖZ


Por Denize Sariköz
04 de Outubro de 2016

O corpo de luz de quinta dimensão exige apenas a concentração em si mesmos, principalmente. Ficar reativos e resistir de maneira constante continuará provocando a mente para que permaneça nesses jogos da polaridade entre o que é dual e os domínios mentais inferiores. Outros, outras inconsciências, o modo como nos mantêm reativos será tentador para a mente para que possa ficar resistente. Isso nos mantém aprisionados aí todo o tempo, na “consciência da sobrevivência”, concentrando-nos na falta das coisas, bem como mantendo o corpo nessa polarização de empurra e puxa. Enquanto mentalmente você não se apegar a nada, nada pode afetá-lo energeticamente.

Permaneça neutro, veja o que está surgindo dos padrões desses antigos hábitos de auto-sabotagem.

Permaneça neutro e observe o novo espaço a partir do coração, em vez de resistir a esses padrões. Mantenha o foco no alinhamento. Nada parece funcionar porque agimos com o coração, mas a mente está ainda operando a partir dos antigos padrões. Se não estivermos em alinhamento interno, nada será alinhado externamente.

Precisamos mudar de marcha, alinhe a mente e o corpo internamente, e permaneça neutro ao que se revelar. Este não é o momento para conceituar e fazer o jogo da dualidade internamente. Permaneça forte em sua verdade. Sentimos os outros mais do que nunca de modo que suas emoções desencadeiam nossos antigos padrões, mas os utilize para liberar os padrões que eles dispararam em você. Não associe o self ao domínio mental inferior deles. Somos mais sensíveis agora, portanto é essencial purificar sua energia com mais frequência e permanecer centrado internamente. Confie em seu coração.
Fonte:Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quânticohttp://www.femininoquantico.com.br/2016/10/artigo-de-denize-sarikoz.html
Fonte: Adavai Blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço antecipadamente o seu comentário! Ele será respondido o mais breve possível!