domingo, 28 de agosto de 2016

O PENSAMENTO É A PORTA PRINCIPAL


Por Cristina Cairo

Muitos livros foram lançados no século XX abordando esse tema para que as pessoas começassem a aplicar o pensar correto em seu cotidiano e observassem, atentamente, as mudanças que ocorreriam em suas vidas, tanto no campo financeiro, quanto no da saúde e até nos relacionamentos familiar e social. Mas a impaciência, o imediatismo e mesmo o sentimento de culpa, este muitas vezes gerado pela religião, fazem com que as pessoas ignorem a porta da sabedoria que é a mente esclarecida. Tudo acontece quando pensamos. O pensamento gera emoções, que geram palavras, que geram comportamentos, que causam conseqüências, boas ou más, para a pessoa e para os outros. Em seguida somos atingidos pelo retorno físico e moral do pensamento que gerou emoções, palavras, ações e conseqüências. A simplicidade dessa lei de causa e efeito afasta da mente dos homens a possibilidade de ser essa a razão de seus sofrimentos, e, com isso, o aprendizado dessa profunda verdade fica estagnado. 

Perceba que, mesmo dentro de sua religião, quer você busque Deus, Darma, Jeová, Jesus, Buda ou Maomé, é através do pensamento que seu coração entra em sintonia com seu Deus. Mesmo para o zen budismo, que elimina o pensamento através da meditação, é necessário pensar-se para organizar uma postura interna antes de encontrar o vazio e a luz. Quando os pensamentos estão confusos, nada se constrói e as emoções e ações são sempre desastrosas. É como um carro desgovernado.

"Pilotar" a mente não é fácil, pois sofremos influências externas e internas que nos desviam, constantemente, do caminho. Externas porque somos bombardeados pela mídia escrita, falada e televisada com todo tipo de informações, desde as telenovelas nos mostrando traições, corrupção e infidelidades amorosas, até programas que invadem o nosso lar com cenas explícitas de tragédias de todo tipo, como se não bastassem os exemplos negativos de nossos próprios familiares. (...)

Podemos compreender, então, que para termos fé é preciso estarmos com a mente equilibrada e pensarmos corretamente, pois, se estivermos com os pensamentos perdidos,
não conseguiremos nos concentrar na fé.

Pensar é remover as nuvens que cobrem seu sol interior, é organizar suas emoções para orar, refletir e, ainda, compreender que muitos sofrimentos são apenas reflexos de seus próprios pensamentos. O bem ou o mal dependem de seus pensamentos para entrar em sintonia com você. Você cria o seu próprio destino com seu pensamento. 
Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quântico: http://www.femininoquantico.com.br/2016/08/o-pensamento-e-porta-principal.html
Fonte: CAIRO, Cristina. Linguagem do corpo: saúde e beleza. v.2. São Paulo: Mercuryo, 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço antecipadamente o seu comentário! Ele será respondido o mais breve possível!