quinta-feira, 17 de março de 2016

SÓ A LUZ TRANSFORMA



18 de Março de 2016

Diante dos fatos dos últimos dias em nosso país, fica claro o tamanho do problema que existe na consciência humana. O cérebro reptiliano luta pra sobreviver em meio ao caos e infelizmente, os impulsos primitivos tendem a falar mais alto, infelizmente. Quando a consciência não está devidamente iluminada, as coisas caminham mesmo pra esse lado.

É o famoso “Olho por olho e dente por dente”, conforme mencionou Jesus, em seu mais famoso discurso, O Sermão do Monte. Ali, foram dados ensinamentos que poderiam ter mudado definitivamente o rumo da humanidade daquela época. Mas isso já tem quase dois mil anos e os problemas de consciência permanecem. Porque a grande verdade é que não se aceita Deus.

Eu estava até conversando isso com uma amiga ontem. Resumindo a coisa, seria nua e cruamente isso, a humanidade não aceita Deus. Quer seu poder, as benesses de sua graça e favor, querem os tesouros da essência cósmica que pulsa somente no melhor. Mas quando o assunto é tornar-se um reflexo vivo e operante desse melhor, aí surgem as resistências.

Porque deixar a luz governar é submeter o ego, inevitavelmente. E quando a gente fala de ego dá a entender que é uma terceira pessoa. Infelizmente para muitos isso ainda não ficou claro. Seu ego é seu eu menor, sua personalidade humana, não tem dificuldade em entender isso, existe em aceitar. Do mesmo modo que não aceitam as leis do Criador, entendem que vibrar o positivo atrai positivo, mas não aceitam. E por eu digo que não aceitam? Porque continuam fazendo errado, continuam tocando o barco na direção do problema, ao invés de remar para o lado oposto dele.

Simples, se o ódio manifesta mais ódio, então por que continuar emanando o ódio? Qual é a lógica disso? Se você sabe que precisa ligar um eletrodoméstico na tomada pra que ele funcione, por que continua tentando apertar o botão pra ver se ele liga antes de conectá-lo à tomada? Você faz isso? Não. Só que a mesma lei que opera nesse caso opera também em todos os outros da vida.

Pra ter boa manifestação precisa se conectar com a energia do Bem. Ponto final, fim de conversa. Não tem outro jeito. Mas, insistem em tentar fazer de outra forma. Só que dá errado. E vai continuar dando errado. Até que um dia a humanidade caia em si e resolva aceitar a irrevogável verdade de que a mesma onda que vai, volta. Entender isso, aceitar isso, muda tudo.

Nesses últimos dias tivemos uma grande movimentação do povo contra o atual governo do Brasil. Só que a grande maioria que sai pra protestar, faz isso sentindo raiva, indignação, revolta. E se entendessem tudo o que a Espiritualidade vem falando ao longo dos milênios, sequer sairiam de casa. Aí, claro, os rebeldes arrepiam lendo isso e contestam: Ah, mas nós temos que lutar pelos nossos direitos. Ok, tudo bem, não contesto isso e nem discordo. Mas, por que estamos precisando lutar? Me diga? Porque a humanidade está contra o fluxo, simples.

Se está a favor do fluxo não precisa lutar. Se a resposta do governo é corrupção, tem de haver pra isso uma causa, é lógico. E onde está a causa? Em toda nação, todos nós somos co-criadores dos problemas que enfrentamos como brasileiros. Não estou generalizando, mas assumirmos a responsabilidade nos move às atitudes. Protestos movidos pelo ódio não podem solucionar os nossos problemas. A mesma corrupção que vem de cima acontece aqui embaixo, em menor escala, mas a essência da corrupção e safadeza é a mesma. E eu não preciso descrever as atitudes corruptas do ser humano detalhadamente porque todo mundo que está lendo este texto tem inteligência suficiente pra saber o que é certo ou errado, no quesito social. Respeito ao próximo, boa convivência e honestidade são questões de bom senso. Se falta essas atitudes, é porque falta também o bom senso e a educação de quem escolhe ser desonesto em suas muitas expressões.

Mas voltando, os seus protestos no Facebook, os seus xingamentos, lamentos, murmúrios, indignações, não podem ajudar o seu país a ser melhor. Sequer ajudam você na sua vida, quanto mais o Brasil. Atitudes positivas sim, fazem a diferença, individual e coletivamente. Jesus disse que aquele que fere pela espada, por ela será ferido. Ou seja gente, tem alguma dificuldade em entender isso? Se eu ataco, sou atacado. Se eu me indigno, volta indignação. Se eu apresento (emano emoções) ao Universo os motivos pelos quais me sinto revoltado e infeliz ele, por lei, vai me dar mais motivos pra eu continuar me sentindo assim.

O dia em que a consciência da nação mudar não vai precisar de protesto, mas até lá, vamos continuar lutando, porque foi o meio que escolhemos para viver. E isso não está errado, é como eu falei no princípio, o animal luta pra sobreviver porque ele é regido pelo cérebro reptiliano, ele precisa lutar. Mas nós temos consciência, lucidez, podemos optar por um caminho diferente, mas, ainda temos escolhido agir primitivamente.

Mas por que essa resistência toda? Porque se for pelo caminho do Bem vai ter que abaixar a espada. Hum, aí danou-se. Quem é que quer abaixar a espada? Porque para o “reptiliano” isso soa como vulnerabilidade, fraqueza. Pra ele o forte é o que luta, o que vence, o que derrota todos. O fraco é o que abaixa a espada e se nega a lutar. Percebem? E uma maneira (errada) de mostrarmos que nos importamos com o país é enchendo nossa linha do tempo de posts nos quais escrachamos as nossas indignações. E estamos ajudando em que com isso mesmo? Pois é.

Uma geração pede ajuda, mas emana ódio. E não percebe que a fonte está dando exatamente o que eles estão pedindo. Porque o que você 'pede' não é o seu querer mental, mas o seu sentir visceral, é esse que emana ao Universo. E a boca fala do que está cheio o coração. Os lábios que amaldiçoam professam a alma mergulhada na revolta e é revolta que estamos emitindo ao Todo. E Ele, como é puro amor e não desrespeita nosso livre arbítrio, vai nos mandar exatamente o que combina com revolta.

Aí nada resolve e o povo sente mais revolta. E esse ciclo vai continuar até quando? Até a vibração do planeta pesar o suficiente pra natureza nos tirar daqui à força? É isso? Ou vamos ouvir nossos mestres e amigos lá de fora e mudar, mudar, mudar, mudar. Evoluir, evoluir, evoluir. Iluminar-se, iluminar-se, iluminar-se. Render o ego, deixar o amor e a luz assumirem o comando do barco e viver nisso, dia após dia, mês após mês, ano após ano. Sem esperar resultados, fazendo por amor, por escolha própria, é só assim que funciona.

Não corra atrás da Espiritualidade pra conseguir resolver seus problemas porque isso nunca funciona. A sua vibração será de “Preciso resolver meu problema” e a resposta virá assim “Sim, você precisa resolver seu problema”, ou seja, zero mudança desse jeito.

Já na outra opção, de “Eu estou na luz”, a resposta é “Sim, você está na luz”. E estando na luz não tem sofrimento. No Gol. Acertamos em cheio na coisa. Viu porque escolher a luz é tudo o que você precisa? A luz é o Bem. O Bem é a energia de Deus, na qual estão todas as bênçãos e soluções que o mundo procura. É árduo e difícil às vezes, mentiroso eu seria se dissesse que é fácil, não é. O portão é estreito. Vivemos num mundo onde a maioria escolhe errado, por isso é mais difícil. Se aqui fosse um mundo onde a maioria escolhe certo seria mais simples. Mas não estamos nesse mundo.

Temos de escolher a luz em meio a um contraste gigantesco, ameaçador, desanimador, muitas vezes. Precisamos acreditar na provisão em meio à falta, no amor em meio ao ódio, na paz em meio à guerra e conflitos extremos, na felicidade em meio à tristeza. Eis aí o desafio. Emanar alegria quando a realidade é frustrante. Emanar a certeza quando as portas parecem se fechar. Escolher manter os olhos fixos no poder infinito que há em nós e na vida, mesmo quando nos sentimos fracos e oprimidos pela realidade. Acreditar nas soluções mesmo quando nada vemos despontando no horizonte. 

Tudo parece escuro, tudo diz que não vamos conseguir, e ainda assim, escolhemos crer No Bem, porque Ele é a nossa solução. Mas Ele é a solução em nós, em nossas escolhas, em nosso viver comprometido com a essência que Ele é.

Quando o indivíduo dá esse passo, pronto, ele transcendeu. Superou, está além deste mundo. O mestre disse que seus seguidores não fazem parte do mundo assim como ele não faz. Ele não quis dizer que não seremos ativos na sociedade, que não seremos humanos, que não devemos ter atitudes e agir com força e firmeza quando preciso. Ele não disse que não teríamos uma vida normal ou que não desfrutaríamos da matéria como sendo extensão do nosso espírito.

Ele apenas disse que não compactuamos com mesmo paradigma que o mundo abraça. Que não vivemos segundo a crença da massa, que não estamos presos às ideias que nos fazem crer que somos vítimas e estamos submetidos a uma realidade sem recursos suficientes. Que não vibramos a maldade do mundo, que não vivemos mais na Velha Terra onde os princípios e os valores são baseados no pouco, no egocentrismo, na ignorância, na escassez. Que não somos governados pelo ego mal educado e impulsos primitivos. Mas sim, que somos humanos, normais como todos os outros, mas rendidos, humildes, redimidos, iluminados, vitoriosos, fortes, pacificadores, criadores conscientes, centelhas despertas, perfeitos, assim como o nosso “Pai” Celestial é perfeito.

Feita essa mudança, aí sim, toda e qualquer atitude externa surtirá um efeito transformador imenso. Todo bom protesto (se houver) será ouvido e toda reivindicação (se houver) será atendida. 

Esse é o povo que habita a Nova Terra, esse é o povo que vai transformar o Brasil e o mundo. Você faz parte desse povo? Você quer fazer parte? Então, deixe tudo (apegos, resistências, medos, limitações, fardos, ignorância) e entre pelas portas do Reino de Deus e todas as coisas te serão acrescentadas. 

Haja luz!

Vinícius Francis


Respeite os créditos ao compartilhar a mensagem! 
Blog Feminino Quântico:http://femininoquantico.blogspot.com/2016/03/a-vida-te-trata-como-voce-se-trata.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço antecipadamente o seu comentário! Ele será respondido o mais breve possível!